top of page

A decisão da Selic está chegando. O que esperar para a super quarta?

A inflação já teve queda por dois meses consecutivos. Mas e a taxa de juros? Quando vai refletir a desaceleração da alta de preços?


Muito se questiona sobre o fim do ciclo de alta da Selic. E na última reunião, esperava-se a cartada final, estacionando a taxa básica de juros em 13,75% no Brasil.


Entretanto, declarações recentes dos diretores do Banco Central alimentaram uma dúvida sobre um eventual novo ajuste. Será que a Selic vai chegar aos 14%?


Com base nas probabilidades implícitas nas opções de Copom, o mercado considera uma chance de cerca de 65% do BC manter a taxa atual sem qualquer ajuste, e de aproximadamente 35%% de uma alta de 25 bps (levando a Selic a 14,00%).


Mas essas projeções podem ser preocupantes:

opções copom, banco central, b3, ibovespa, bolsa, selic, taxa de juros

Se o mercado está projetando, em maioria, a manutenção da taxa de juros, e o Banco Central deu indícios de uma postura mais austera sobre a política monetária, podemos ter uma surpresa bastante negativa na sequência da decisão.


Nós aqui na Alkin estamos projetando que o BC aumente a Selic em +25 bps, no que seria o fim do ciclo de alta, principalmente em virtude das falas recentes dos membros do Banco Central.


E se o mercado pode reagir mal com a Selic indo a 14%, as coisas podem ficar ainda piores.


Se o BC, além de um eventual aumento de 25 bps, der qualquer indício de que "a porta ainda está aberta" para novos ajustes, o mercado pode ser impiedoso.


Se passar de 14%, o mercado vai interpretar que pode ir tanto a 14,25% quanto a 16%, já que a porta estará aberta, sem qualquer previsibilidade sobre o verdadeiro fim do ciclo de alta de juros.


E se a quarta-feira já reserva grandes emoções para os investidores brasileiros quando a Selic for divulgada às 18h30, o dia promete ainda mais para o mercado americano.


Às 15h00 desta quarta-feira também será divulgada a nova taxa básica de juros americana, em uma dobradinha chamada pelo mercado de "Super Quarta".


A expectativa pela decisão de juros americana também é grande. Mas nesse caso, o cenário está um pouco mais desenhado.


O mercado americano projeta 83% de chance de uma alta de 75 bps, levando a taxa básica de juros americana ao intervalo de 3,00% a 3,25%. Uma parcela menor (17%), acredita que o Federal Reserve seja ainda mais agressivo, reajustando em 100 bps o que levaria a taxa ao intervalo de 3,25% a 3,50%.


*Diferente da Selic, a taxa americana é definida por um intervalo.

Então apertem os cintos e fiquem ligados no Telegram da Alkin amanhã porque ao que tudo indica, teremos fortes emoções!

Na hora de saber onde investir,

Escolha a Alkin Research!

Comments


bottom of page